Quem Somos

           Em março de 2008, Líderes da Igreja Batista Nova Vida, em Conceição de Macabu-RJ, começaram a idealizar a criação de um novo ministério, de caráter interdenominacional, que permitisse o trabalho entre pessoas de diferentes igrejas em prol do Reino de Deus. Nasce a "Comunidade Nova Vida", com a visão de unir cristãos de diversas denominações, ou sem nenhuma, com o objetivo de proporcionar uma “Nova Vida” para não-cristãos e cristãos afastados da comunhão com o Corpo de Cristo. Este ministério teria o desafio de se caracterizar pela pregação do evangelho do Reino e pela busca de uma vida em “comunidade”, onde todos cuidam de todos e se ajudam mutuamente, conforme Atos 2:41-47. Em 27 de setembro de 2009, nasce oficialmente a Comunidade Nova Vida (CNV) na cidade de Conceição de Macabu.

 

              Por ser interdenominacional, ninguém é obrigado a "abrir mão" de cultura denominacional de origem para participar da CNV, a não ser que assim deseje. Para nós, o importante é o entendimento, por parte dos participantes, de que um trabalho interdenominacional implica na maturidade e desejo de se respeitar mutuamente as convicções e opiniões diferentes de cada um, priorizando os pontos em comum para o bem do Reino. A CNV busca ser uma opção para pessoas de diferentes denominações somarem força em prol do reino de Deus, se ajudando mutuamente na execução da visão ministerial específica que Deus tem dado a cada um.

 

 

            Com o objetivo de propagar o evangelho do Reino, a Comunidade foca um conjunto de princípios que, juntos, norteiam as atividades e objetivos da Comunidade Nova Vida. São eles:

 

1. Relacionamento com Deus e com o próximo - Mateus 22:37-39;

 

2. Servir a Jesus usando Sua estratégia e mensagem ( o Evangelho Integral, ou seja, o evangelho todo, para todo ser humano - corpo, alma e espírito, em todo lugar) - Mateus 9:35;

 

3. Amar os perdidos e entender suas necessidades - Mateus 9:36;

 

4. Adoração através da imitação do estilo de vida do Senhor Jesus - Lucas 4:18,19;

 

5. Vida em Comunidade - Colossenses 3:13,16; Gálatas 6:2; Filipenses 2:4.

6. Implantação de novas igrejas como forma eficaz de expandir o evangelho pelo mundo - Atos 5:42

 

             Por se ter a proposta de reunir cristãos oriundos de várias denominações, é importante que os participantes da CNV tenham o entendimento de que diferenças que venham a ter não impedem a unidade para que trabalhemos juntos, em respeito mútuo, na salvação dos perdidos e restauração dos feridos na alma. Entender que muito maiores são os pontos doutrinários que nos unem do que os que possuímos diferenças é vital para uma vida em Comunidade.

Por ter esta visão, a Comunidade Nova Vida tem seus princípios doutrinários baseados na Declaração de Lausanne, que expressa a visão em comum, quanto a natureza e missão da igreja, de 135 denominações evangélicas no mundo.

 

 

 

 

 

 

Visão

 

              O maior desejo do coração de Deus é fazer com que todos os homens conheçam o seu amor, perdão e amizade (Jo 3:16). Diante disso, somos chamados a ser cooperadores na Sua grande obra (Mt 28:19,20).

Diante desse chamado de Deus para nos unirmos a Ele na batalha pelas almas, podemos declarar que a missão para todo crente é:

 

             “Através do poder do evangelho,ser instrumento de conversão das pessoas das trevas para a luz, e do poder de satanás a Deus, a fim de que recebam remissão dos pecados e sejam salvos pela fé em Jesus, tornando-se discípulos maduros que buscam também alcançar outras pessoas.”


(Mt 28:19,29 Atos 26:18 – Ef 2:1-6 e 2:11-19  -  Col 1:12-14,20-23  -  2 Tm 2:2)

 

 

                  Diante desta missão – ser instrumento de Deus para resgatar todos os nossos familiares, parentes, amigos, conhecidos e todas as pessoas possíveis da condenação eterna – A Comunidade Nova Vida tem a seguinte “VISÃO” para alcançar as pessoas e cumprir a missão:

"Criação de um ministério orientado a unir cristãos  na missão de alcançar  vidas  com o Evangelho do Reino, colaborando na restauração e na transformação das pessoas participantes, além de  promover a formação  de líderes e comunidades cristãs, bem como apoiar as atividades dos  obreiros que estão na direção de igrejas, projetos missionários e plantação de novas comunidades."

      Esta declaração de visão poder ser expressa pelo slogan:

 

“Unir cristãos na missão de Restaurar e Transformar vidas, fazendo discípulos de Jesus para glória de Deus”

 

Esta visão pode ser resumida na seguinte frase:

 

“Vidas Transformando Vidas para Glória de Deus!”

Nossas Crenças

 

        Por ter uma visão abrangente, A Nova Vida tem seus princípios doutrinários baseados numa declaração que reúne os pontos em comum de 135 denominações evangélicas no mundo, quanto a sua natureza e missão. De forma resumida, nos unimos com os seguintes princípios:

 

1.O Propósito de Deus - Afirmamos a nossa crença no único Deus eterno, Criador e Senhor do mundo, Pai, Filho e Espírito Santo, que governa todas as coisas segundo o propósito da Sua vontade.

 

2. A Autoridade e o Poder da Bíblia - Afirmamos a inspiração divina, a veracidade e autoridade das Escrituras tanto do Velho Testamento como Novo testamento, em sua totalidade, como a única palavra de Deus escrita, sem erro em tudo o que ela afirma, e a única regra infalível de fé e prática.

 

3. A Unicidade e a Universalidade de Cristo- Afirmamos que há um só Salvador e um só evangelho, embora exista uma ampla variedade de maneiras de se realizar a obra de evangelização.

 

4. A Natureza da Evangelização – Afirmamos que evangelizar é difundir as boas novas de que Jesus Cristo morreu por nossos pecados e ressuscitou segundo as Escrituras, e de que, o Senhor e Rei, ele agora oferece o perdão dos pecados e o dom libertador do Espírito a todos os que se arrependem e crêem.

 

5. A Resposta Social Cristã - Afirmamos que Deus é o Criador e Juiz de todos os homens. Portanto, devemos partilhar o seu interesse pela justiça e pela reconciliação em toda a sociedade humana, e pela libertação dos homens de todo tipo de opressão.

 

6. A Igreja e a Evangelização - Afirmamos que Cristo envia o seu povo redimido ao mundo assim como o Pai o enviou, e que isso requer uma penetração de igual modo profunda e sacrificial. Precisamos deixar os nossos guetos eclesiásticos e penetrar na sociedade não-cristã. Na missão de serviço sacrificial da igreja a evangelização é primordial.

 

7. Cooperação na Evangelização - Afirmamos que é propósito de Deus haver na igreja uma unidade visível de pensamento quanto à verdade. A evangelização também nos convoca à unidade, porque o ser um só corpo reforça o nosso testemunho, assim como a nossa desunião enfraquece o nosso evangelho de reconciliação.

 

8. Evangelização e Cultura – Afirmamos que o desenvolvimento de estratégias para a evangelização mundial requer metodologia nova e criativa. Com a bênção de Deus, o resultado será o surgimento de igrejas profundamente enraizadas em Cristo e estreitamente relacionadas com a cultura local.

 

9. O Poder do Espírito Santo - Cremos no poder do Espírito Santo. O Pai enviou o seu Espírito para dar testemunho do seu Filho. Sem o testemunho Dele o nosso seria em vão. Convicção de pecado, fé em Cristo, novo nascimento e crescimento cristão, é tudo obra Dele. De mais a mais, o Espírito Santo é um Espírito missionário; de maneira que a evangelização deve surgir espontaneamente numa igreja cheia do Espírito.

 

10. O Retorno de Cristo - Cremos que Jesus Cristo voltará pessoal e visivelmente, em poder e glória, para consumar a salvação e o juízo. Esta promessa de sua vinda é um estímulo ainda maior à evangelização, pois lembramo-nos de que ele disse que o evangelho deve ser primeiramente pregado a todas as nações.

 
 

Who we are

In March 2008, Church leaders Baptist New Life at Conception Macabu-RJ, began to idealize the creation of a new ministry, the interdenominational character, which allowed work between people from different churches for the Kingdom of God. Born the "New Life Community", with the vision to unite Christians of different denominations, or no, in order to provide a "New Life" to non-Christians and Christians away from communion with the Body of Christ. This ministry would have the challenge to be characterized by preaching the gospel of the kingdom and the search for a life in "community", where all care for all and help each other, according to Acts 2: 41-47. On 27 September 2009, officially born the New Life Community (CNV) in the city of Macabu Conceição.

To be interdenominational, nobody is forced to "give up" of denominational culture of origin to attend the CNV, unless so desired. For us, the important thing is the understanding by participants that work interdenominational implies maturity and desire to mutually respect the different beliefs and opinions of each, giving priority to the common ground for the good of the Kingdom. NVC seeks to be an option to add up to people of different denominations force for the kingdom of God, helping each other in the implementation of the special ministerial vision that God has given to each.


With the aim of spreading the gospel of the kingdom, the Community focuses on a set of principles that together guide the activities and objectives of the New Life Community. Are they:

1. Relationship with God and with others - Matthew 22: 37-39;

2. Serve Jesus using his strategy and message (the gospel Integral, ie the whole gospel to every human being - body, soul and spirit, everywhere) - Matthew 9:35;

3. Love the lost and understand their needs - Matthew 9:36;

4. Worship by imitating the lifestyle of the Lord Jesus - Luke 4: 18,19;

5. Community Life - Colossians 3: 13,16; Galatians 6: 2; Philippians 2: 4.

6. Implementation of new churches as an effective way to spread the gospel throughout the world - Acts 5:42

For having the proposal to bring together Christians from various denominations, it is important that the participants of the CNV have the understanding that differences that may have not impede the drive to work together, in mutual respect, in the salvation of lost and restore wounded soul. Understand that much greater the doctrinal points that unite us than we have differences is vital to a life in community.
By having this vision, the New Life Community has its doctrinal principles based on the Declaration of Lausanne, which expresses the common vision, and the nature and mission of the church, 135 denominations in the world.

 

 


Vision

The greatest desire of God's heart is to make all men know their love, forgiveness and friendship (Jn 3:16). Therefore, we are called to be laborers in His great work (Mt 28: 19,20).
Faced with this call from God to unite to Him in the battle for souls, we can declare that the mission for every believer is:

"Through the power of the gospel, be instrument of conversion of people from darkness to light and from the power of Satan to God, that they may receive forgiveness of sins and be saved by faith in Jesus, becoming mature disciples who seek also reach others. "

(Mt 28: 19,29 Acts 26:18 - Ephesians 2: 1-6 and 2: 11-19 - Col 1: 12-14,20-23 - 2 Timothy 2: 2)


Faced with this mission - to be an instrument of God to redeem all of our family members, relatives, friends, acquaintances and all possible people from eternal damnation - The New Life Community has the following "VISION" to reach people and accomplish the mission:

"Creating a targeted ministry to unite Christians in mission to reach lives with the Gospel of the Kingdom, collaborating in the restoration and transformation of people participating, and promote the formation of leaders and Christian communities as well as supporting the activities of workers who are toward churches, missionary projects and planting new communities. "

This vision statement can be expressed by the slogan:

"Uniting Christians in mission to restore and transform lives, making disciples of Jesus to the glory of God"

This view can be summarized in the following sentence:

"Lives Changing Lives for the Glory of God!"

our Beliefs

By having a comprehensive, The New Life has its doctrinal principles based on a statement that brings together the commonalities of 135 denominations in the world, as its nature and mission. Briefly, we join with the following principles:

1. The Purpose of God - We affirm our belief in the one eternal God, Creator and Lord of the world, Father, Son and Holy Spirit, who governs all things according to the purpose of His will.

2. The Authority and Power of the Bible - We affirm the divine inspiration, truthfulness and authority of both Old Testament and New Testament in their entirety as the only written word of God, without error in all that it affirms, and the only infallible rule of faith and practice.

3. The Uniqueness and Universality of Christ- We affirm that there is only one Savior and only one gospel, although there is a wide variety of ways to accomplish the work of evangelization.

4. The Nature of Evangelism - We affirm that evangelization is to spread the good news that Jesus Christ died for our sins and rose again according to the Scriptures, and that the Lord and King, he now offers the forgiveness of sins and the liberating gift of spirit to all who repent and believe.

5. Christian Social Response - We affirm that God is the Creator and Judge of all men. Therefore, we should share his concern for justice and reconciliation throughout human society and for the liberation of men from every kind of oppression.

6. The Church and Evangelism - We affirm that Christ sends his redeemed people into the world as the Father sent him, and that this requires a penetration depth equal and sacrificial way. We need to let our ecclesiastical ghettos and permeate non-Christian society. In sacrificial service mission of evangelization church is paramount.

7. Cooperation in Evangelism - We affirm that God's purpose be the Church's visible unity of thought as to the truth. Evangelism also summons us to unity, because being one body strengthens our witness, just as our disunity undermines our gospel of reconciliation.

8. Evangelization and Culture - We affirm that the development of strategies for world evangelization calls for imaginative pioneering methods. With the blessing of God, the result will be the rise of churches deeply rooted in Christ and closely related to the local culture.

9. The Power of the Holy Spirit - We believe in the power of the Holy Spirit. The Father sent his Spirit to bear witness to his Son. Without him our testimony would be in vain. Conviction of sin, faith in Christ, new birth and Christian growth are all his work. And what's more, the Holy Spirit is a missionary spirit; so that evangelism should arise spontaneously from a Spirit-filled church.

10. The Return of Christ - We believe that Jesus Christ will return personally and visibly, in power and glory, to consummate his salvation and judgment. This promise of his coming is a further spur to our evangelism, for we remember that he said that the gospel must first be preached to all nations.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now